Portal RH Velti

Artigos e Materiais Educativos para RH

O Artigo 74, § 2º, da CLT estabelece a obrigatoriedade do controle de ponto manual, mecânico ou eletrônico apenas para estabelecimentos com mais de 10 empregados, o que faz com que muitas empresas com poucos colaboradores percam as vantagens trazidas pelo uso do relógio de ponto.

É isso mesmo, usar o relógio de ponto em uma pequena empresa não é apenas uma obrigação, mas traz uma série de vantagens!

O controle de ponto é um investimento em segurança jurídica contra ações trabalhistas, além de facilitar a apuração das horas extras, atrasos e saídas antecipadas.

Por isso, preparamos o artigo a seguir para esclarecer tudo o que você precisa saber sobre o uso do relógio de ponto em pequenas empresas. Confira!

A importância do registro do ponto

Não importa qual é o seu negócio, seja uma padaria, um salão de beleza, um escritório de contabilidade ou uma loja de roupas, se você tem um grupo de funcionários e não fica fixo no local de trabalho, sabe como é difícil fiscalizar as entradas e saídas.

Assim, mesmo que a sua empresa tenha 10 funcionários ou menos, o uso do relógio de ponto ainda é uma importante ferramenta de fiscalização e segurança, sendo instrumental para as tarefas dos setores de Recursos Humanos e de gerenciamento financeiro através da facilidade do acesso às informações sobre as entradas e saídas dos colaboradores.

Isso permite quantificar com facilidade a presença dos colaboradores, calcular as horas extras, fiscalizar atrasos e muito mais. Mesmo em residências, para empregada doméstica, cada dia é mais frequente o uso de um controle de ponto.

Vantagens do uso do relógio de ponto

A utilização sistemática do relógio de ponto traz uma tranquilidade a mais para as relações trabalhistas dentro do local de trabalho, e, em conjunto com as boas práticas de gestão, permite resguardar a empresa e os trabalhadores em relação ao cumprimento da jornada de trabalho, evitando abusos e garantindo os direitos de patrões e empregados.

Por isso, podemos resumir as vantagens oferecidas pela utilização dos relógios de ponto para as pequenas empresas em duas: facilidade do gerenciamento de informações e mais segurança jurídica nas relações trabalhistas.

Informação

Pequenos estabelecimentos precisam otimizar os seus investimentos para aumentar a competitividade, e, nesse quesito, o relógio de ponto é um excelente investimento. É muito fácil alimentar os relatórios de produtividade e presença a partir dos dados disponibilizados pelos sistemas de ponto, o que agiliza os processos do RH.

Segurança

Todas as disputas trabalhistas entre os funcionários e a empresa são complexas, e a produção de provas confiáveis ajuda a criar uma segurança jurídica a mais. Processos de jornadas de trabalho abusivas, não pagamento de horas extras e demissões por justa causa motivadas por atrasos ou faltas constantes podem usar as informações do relógio de ponto.

O modelo ideal de relógio de ponto

Muitas pequenas empresas que já entenderam a importância do relógio de ponto erram na escolha do modelo apropriado, seja por tradição, seja por falta de conhecimento.

Os modelos de livro de ponto e relógio de ponto cartográfico são soluções antigas, trabalhosas e que não contam com todas as possibilidades estabelecidas neste artigo.

Por isso, a melhor solução ainda é a utilização dos relógios de ponto eletrônico, mesmo por empresas pequenas. Com essa tecnologia é possível processar as informações utilizando softwares e gerar relatórios, além de serem muito mais seguros, impossibilitando que um funcionário bata o ponto por outro. Além disso, os preços estão cada vez mais atrativos, então essa é, definitivamente, a melhor tecnologia de relógios de ponto para pequenas empresas.

E aí, gostou do artigo? Então entre em contato com a Velti e conheça as soluções para controle de ponto e acesso! Preencha abaixo o seu nome, e-mail e telefone e descubra os melhores produtos e condições. Temos um consultor especialista que irá te auxiliar e tirar todas as suas dúvidas!

 

Olá, parceiro Velti!

Estamos aqui para falar sobre um assunto muito importante com você: retenção de impostos.

📍 Contratamos uma análise tributária do nosso serviço de licenciamento de software. Após a conclusão deste estudo verificamos que o CNAE 6203100 não é passível de retenção. Desta forma, não será mais dever da sua empresa fazer o recolhimento dos impostos.

Como vai funcionar na prática?

1. Até outubro de 2021 a sua nota era emitida considerando o valor bruto e o seu boleto com a dedução dos impostos. Essa dedução poderia ser de 4,65% ou 6,15% dependendo do valor do seu contrato. Com isso, era necessário que sua empresa fizesse o recolhimento dos impostos.

2. A partir do faturamento de novembro de 2021, o seu boleto será emitido com o mesmo valor da sua nota fiscal, não sendo necessário que você realize este recolhimento.

Confira abaixo a base legal do estudo para comprovação:

Orientação técnica
SC Cosit Nº 407 - 2017
SC Cosit Nº 230- 2017

Se tiver alguma dúvida, faça contato com o financeiro, pelo e-mail financeiro@velti.com.br.

Um abraço,
Time Velti.