Portal RH Velti

Artigos e Materiais Educativos para RH

Uma empresa precisa de segurança independentemente de seu porte ou atividade. Trata-se de uma garantia que deve ser oferecida aos colaboradores e aos bens físicos que mantêm o ambiente corporativo funcionando. As razões para providenciar isso são muitas, incluindo:

  • Minimização dos riscos de danos aos ativos da empresa
  • Eliminação de episódios de roubos e furtos
  • Zelo pelo bem-estar de todos os funcionários
  • Redução de quaisquer tipos de vulnerabilidade

Existe uma série de medidas que podem ser tomadas a fim de evitar que invasões e infrações abalem os negócios. Veja a seguir como cada uma das menções listadas faz a diferença.

Implantação do controle de acesso

Atualmente é possível contar com a tecnologia aplicada à segurança e um exemplo disso está no sistema de controle de acesso, o qual prevê a instalação de aparelhos na entrada das empresas para garantir que somente pessoal autorizado consiga passar. Nesse caso, a biometria surge como uma resposta prática e de custo-benefício atraente.

Todos os colaboradores devem realizar o cadastro de suas digitais e fornecer alguns dados básicos, assim como nome completo e número da documentação (que pode ser RG ou CPF). A partir daí, toda a vez que chegarem ao local de trabalho, deverão colocar o dedo sobre o leitor ótico, o qual os identificará e liberará a passagem.

O mesmo ocorre para visitantes – durante a primeira aparição na empresa, eles deverão ser solícitos no que diz respeito ao fornecimento dos mesmos dados que os colaboradores precisaram dar após a implantação do sistema de controle de acesso por equipamento biométrico. Visitas posteriores demandarão apenas que os visitantes se identifiquem por meio da digital e todas as informações já constarão no cadastro de cada um deles.

Contratação de sistema de monitoramento

Outra maneira de providenciar segurança para o espaço físico e para as pessoas que trabalham na empresa é contratar um sistema de monitoramento. Um circuito de câmeras é instalado tanto no ambiente interno quanto no ambiente externo, permitindo a gravação de imagens durante 24 horas por dia.

Isso claramente inibe ações maliciosas no meio corporativo, visto que criminosos dificilmente agem ao saber que estão sendo constantemente vigiados. Mesmo assim, caso algum assalto, furto ou roubo acometa a empresa, tais imagens podem ser direcionadas às autoridades para a identificação dos autores do crime e para a aplicação da repreensão, multa, punição ou medidas judiciais cabíveis.

Treinamento de funcionários para segurança

segurança empresarialA segurança de uma empresa não pode se limitar à contratação de profissionais terceirizados da área. Todos os que exercem funções ativas no ambiente corporativo devem ser devidamente orientados sobre como proceder em situações adversas.

O primeiro passo é instruir os colaboradores a não fornecer informações sobre a empresa para desconhecidos, pois assim evita-se a propagação de dados considerados confidenciais. Deve-se também ver com bons olhos o uso de crachás no ambiente corporativo, tanto para os colaboradores quanto para os visitantes. A visualização dos crachás ajuda a garantir a fácil identificação de qualquer um que não deva estar lá.

Todos, sem exceção, devem cumprir protocolos de segurança diários. Por exemplo, o recebimento de encomendas. Após a chegada de qualquer pacote, o destinatário deve buscá-lo em um ponto de retirada específico. Essa é uma medida de segurança que impede a circulação de objetos não identificados dentro da empresa.

Detenção de valores em dinheiro

Muitos assaltantes se sentem motivados a invadir empresas quando têm consciência da existência de dinheiro guardado. A maior dica de segurança que se pode dar está na transferência das quantias para uma conta bancária. Afinal de conta, bancos são instituições que contam com sistemas antifurto muito eficazes justamente por serem locais visados para assaltos.

Não é recomendável que empresa alguma mantenha muito dinheiro em espécie guardado em cofres ou gavetas, que deixe a responsabilidade da contabilidade na mão de muitas pessoas e que divulgue abertamente qual o montante que se encontra em suas dependências.

É de suma importância alertar aos colaboradores que não mantenham condutas inadequadas no que diz respeito ao dinheiro, assim como comentar sobre o conhecimento da quantia existente, dizer a terceiros que a empresa possui dinheiro guardado no escritório, manipular qualquer valor à vista de todos, etc.

Proteção da rede de computadores

O meio físico não é o único que precisa ter sua segurança reforçada. Roubos são igualmente cometidos no meio digital e é por isso que a empresa precisa proteger todas as suas informações sigilosas de hackers.

É nas máquinas que ficam guardados dados de alta relevância, muitas vezes atrelados à saúde financeira corporativa. Providenciar senhas seguras, instalar VPN (virtual private network) e restringir o acesso de determinadas pastas na rede dificulta a invasão do sistema.

E, para garantir que nenhum funcionário compartilhe arquivos considerados confidenciais, a empresa pode solicitar a criptografia de todas as tentativas de acesso para providenciar o rastreio exato da pessoa que tentou abrir pastas secretas.

Quer conhecer melhor as nossas soluções? CLIQUE AQUI, preencha o formulário de contato e garanta já esta tecnologia para o seu negócio!

 

WhatsApp chat