Portal RH Velti

Artigos e Materiais Educativos para RH

Dados levantados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) contam que a concessão de auxílio-doença por transtornos de ansiedade cresceu 17% em 4 anos. Com números alarmantes, profissionais relatam cada vez mais cansaço físico e mental. Dores de cabeça, dificuldade de concentração, insônia e até mesmo falta de apetite, são alguns dos sintomas causados pelo excesso de trabalho e desgaste profissional.

Nesse sentido, torna-se necessária a inclusão de hábitos saudáveis na rotina de trabalho, de forma a prevenir tanto doenças mentais, como ansiedade, depressão e a Síndrome de Burnout, quanto para prevenir doenças físicas, como aumento de pressão e tendinite (causada por movimentos repetitivos).

É importante que os departamentos de RH das empresas tenham conhecimento dessas informações, para que colaborem com e, principalmente, incentivem práticas que evitam o desgaste físico e emocional de suas equipes.

Assim, elencamos 5 hábitos saudáveis para incluir na rotina e melhorar o dia a dia de trabalho.

  • Tenha uma alimentação saudável

Muitas pessoas têm dificuldades em se alimentar corretamente durante o dia. Seja pela falta de tempo ou pela conveniência dos conhecidos “fast foods”, esse é um hábito que debilita a saúde e o bom funcionamento do corpo.

Para que o corpo e o cérebro funcionem com toda a sua capacidade, é importante manter uma alimentação regular e saudável, rica em proteínas e nutrientes. Essa prática traz benefícios não apenas para a saúde, como para a produtividade no dia a dia, já que o cérebro funciona melhor com o corpo bem alimentado. 

  •  Beba água

Caminhando lado a lado com a alimentação, manter-se hidratado é essencial para que seu corpo funcione perfeitamente. Nos acostumamos a ingerir água apenas quando sentimos sede, mas este é um hábito prejudicial à saúde. Isso porque, nosso corpo pede por líquido apenas quando dá sinais de desidratação. Esperar que a necessidade fale mais alto pode causar desconfortos como dores de cabeça e tontura.

Para não chegar a este ponto – que pode dificultar sua concentração -, mantenha uma garrafa de água no seu campo de visão. Esse é um incentivo necessário para incluir o hábito de beber água de forma definitiva e natural na sua rotina. Mesmo em dias mais frios, é importante manter o consumo regular!

  • Pratique exercícios 

Praticar exercícios é um dos hábitos mais saudáveis. Quando aliado aos pontos já citados, tem efeitos transformadores na rotina e traz resultados a longo prazo, como a melhora na qualidade de vida, e também a curto prazo, como maior concentração e energia para as demandas diárias.

Com a rotina atribulada, parar um momento do seu dia para a prática é o primeiro desafio. Muitas empresas já dedicam horário exclusivo para a ginástica laboral, uma iniciativa dos departamentos de RH. A ideia é que o colaborador tenha um momento para se alongar e praticar exercícios que vão ajudá-lo a manter a postura durante o trabalho, ao mesmo tempo em que promove o bem-estar e a interação entre a gestão de equipes.

  • Movimente seu corpo

Trabalhar por horas consecutivas na mesma posição não é saudável para ninguém. Apontado pela Organização Mundial da Saúde como 4º maior fator de risco de mortes no mundo, o sedentarismo é um dos maiores perigos para a saúde e a causa de 5 milhões de mortes por ano no mundo. Doenças como diabetes, obesidade, ansiedade e doenças cardiovasculares desenvolvem-se a partir dele. Nos sentimos sem energia e nos cansamos mais rápido, o que reflete no desempenho profissional.

Levantar por 5 minutos a cada 30 minutos sentado, movimentar os braços e pernas, por exemplo, são movimentos que podem ser feitos no ambiente de trabalho. Atividades simples que fazem uma enorme diferença para a qualidade de vida, e podem facilmente serem incluídas durante a correria do expediente.

  • Faça o controle de jornada corretamente

Trabalhar mais nem sempre significa trabalhar melhor. Muitas vezes os colaboradores se colocam em situações extremas para atender demandas em prazos curtos e realizar as atividades em menos tempo para produzir mais. Entretanto, essa prática pode se tornar um hábito perigoso, já que leva a pessoa ao limite e pode resultar em uma Síndrome de Burnout, por exemplo.

Mesmo seguindo à risca as dicas anteriores que auxiliam na eficiência profissional, não gerenciar a própria carga de trabalho pode levar tudo a perder. Sendo assim, controlar a jornada é uma maneira de preservar a saúde mental e o seu bem-estar, evitando a sobrecarga. Uma solução é utilizar o controle de ponto eletrônico por meio de ferramentas específicas. Elas auxiliam na produtividade e ainda podem ajudar na organização das demandas diárias. Você pode ler mais sobre isso neste artigo

___________________________________________________________________________

Listamos hábitos que são significativos para uma melhora na rotina de trabalho. Tanto o expediente em home office quanto o presencial devem ser avaliados de tempos em tempos. Afinal, tudo que se torna cotidiano entra em “modo automático” e algumas das práticas importantes para a saúde física e mental podem ser deixadas de lado.
Lembre-se: criar e gerenciar bons costumes contribui para que se obtenha equilíbrio entre diversas áreas da vida.

Para quem implementou ou segue em home office sugerimos o artigo “Como ajudar sua equipe a enfrentar mais tempo em home office?”.