Portal RH Velti

Artigos e Materiais Educativos para RH

O desempenho e a produtividade dos colaboradores de uma empresa é um fator determinante nos resultados. Por isso, negócios de diversos portes se preparam para realizar a avaliação de desempenho de seus colaboradores periodicamente.

Bastante importantes para alinhar as expectativas entre gestor e empregado, essas avaliações trazem diversos benefícios à corporação. Como, por exemplo, o crescimento e o desenvolvimento dos funcionários, assim como a reorganização dos recursos financeiros destinados a um determinado período.

Segundo uma pesquisa feita pela consultoria americana Gartner, mais de dois terços das organizações fazem mudanças em seu método de avaliação sempre que sentem necessidade. Essa questão é muito pertinente, ainda mais nos tempos em que vivemos de Covid-19. Sobretudo porque, para muitos gestores, a avaliação de 2021 deverá ocorrer remotamente.

Diante desta nova realidade, a avaliação exigirá algumas mudanças — e o nosso texto de hoje aborda exatamente essa questão. Confira!

A estrutura remota

Apesar de diferente do que era considerado normal até então, para muitas empresas, o trabalho remoto não afetou o desempenho dos colaboradores. Tampouco, afetou os resultados obtidos ao final de cada mês.

Segundo uma pesquisa divulgada no começo de abril pela Workana, mesmo atuando à distância, 42,6% dos colaboradores CLT consideraram sua produtividade excelente. Do mesmo modo, 63,2% dos gestores disseram ter notado que os funcionários tiveram a mesma performance de quando estavam no escritório ou aumentaram a produtividade com o home office.

Na realidade, uma das mudanças mais pertinentes no mundo corporativo durante a pandemia foi o jeito que o gestor interage com a sua equipe. Então, com cada pessoa em um espaço físico diferente, a comunicação precisa ser eficiente entre as duas partes. Por isso, a primeira coisa que precisa ser considerada quando o assunto é a avaliação de desempenho é a escolha da ferramenta de comunicação.

Ademais, outro ponto fundamental a ser considerado é realizar reuniões individuais. Isso se deve ao fato delas promoverem maior atenção e foco àqueles que estão participando, além de diminuir consideravelmente o tempo de conversa.

Por fim, mas não menos importante, é aconselhável desenvolver uma cultura de feedback frequente. Dessa forma, algumas questões podem ser melhoradas antes mesmo da avaliação de desempenho do colaborador, uma vez que ele já estará ciente sobre aquilo.

Como estruturar uma avaliação de desempenho remota?

Da mesma forma que acontece presencialmente, uma avaliação de desempenho remota precisa ser estruturada com antecedência. Veja a seguir alguns itens essenciais para a estruturação de uma avaliação de desempenho:

  • Definir os itens a serem avaliados, bem como os resultados esperados e sua forma de classificação.
  • Escolher o tipo de avaliação, quem serão as pessoas analisadas e quem irá avaliá-las.
  • Elaborar as perguntas que deseja aplicar e como se espera que sejam respondidas.
  • Explicar de forma objetiva e clara aos colaboradores sobre como deverão responder à avaliação.

Um bom modo de otimizar as informações que serão colhidas 一 e que poderão ser usadas posteriormente 一 é por meio de ferramentas tecnológicas. A partir delas, sua empresa poderá automatizar alguns processos, como os registros da jornada de trabalho. Facilitando, assim, a organização de diferentes informações de cada pessoa.

Para que a jornada dos seus colaboradores seja computada exatamente como precisa, conte com as tecnologias Velti, empresa especializada no desenvolvimento de equipamentos e softwares de gestão de ponto e acesso. Clique aqui e entre em contato!

Leia também: